Sentidos-SourceBox-Nuno Alexandre / Image is free of charge for editorial use only.

Questões Frequentes

O procedimento UltraShape clinicamente comprovado, é a solução não invasiva mais utilizada para destruição da gordura e modelação corporal. Utiliza energia de ultrassons focalizados pulsados que atingem e destroem selectivamente de forma permanente as células adiposas nas camadas subjacentes de gordura.

O tratamento UltraShape foi concebido para ajudar homens e mulheres de peso médio e com excesso de peso a melhorarem a forma e a silhueta corporais.

O tratamento UltraShape focaliza-se no abdómen, coxas ancas e braços.

Os resultados clínicos demonstram que, em três tratamentos, os pacientes observam uma redução média de 4 cm no perímetro.

Tal como a lipoaspiração, quando as células adiposas são removidas da área de tratamento os resultados deverão ser prolongados, desde que mantenha o seu peso com uma dieta saudável e exercício.

Os pacientes relatam normalmente uma sensação ligeira a moderada de formigueiro ou aquecimento na área tratada.
Dentro de quanto tempo obtenho resultados?
Depois do procedimento UltraShape, o conteúdo libertado das células adiposas destruídas é eliminado naturalmente do organismo durante um período de 2-4 semanas.

Durante o procedimento UltraShape, as células adiposas são destruídas. O conteúdo das células adiposas composto sobretudo por triglicéridos, é dividido e transportado para o fígado e depois eliminado pelas vias naturais do corpo.

Testes clínicos extensos e tratamentos efetuados em mais de 200.000 pacientes em todo o mundo demonstraram o excelente perfil de segurança do procedimento UltraShape.

A modelação corporal com UltraShape proporciona a redução significativa e duradoura da circunferência nas  áreas corporais tratadas, e oferece os seguintes benefícios:
Não-invasivo – O procedimento é totalmente não invasivo e reduz a espessura da gordura e da circunferência da área tratada sem incisões, cânulas, agulhas ou injecções.
Seguro – O ultrasom focalizado provoca um efeito mecânico (não térmico), que  rompe as células de gordura sem afetar os vasos sanguíneos circundantes, nervos e tecido conjuntivo.
Eficaz – Depois de três sessões, os pacientes experimentam uma média de redução de 4 cm na circunferência do corpo. Estes resultados foram comprovados em estudos clínicos e são demonstrados em centenas de milhares de tratamentos realizados em todo o mundo.
Conforto – A grande maioria das pessoas que se submeteram ao procedimento  UltraShape não relataram qualquer desconforto sem anestesia ou sedação.

Antes & Depois

UltraShape®

A mais recente alternativa não invasiva que comprovou clinicamente reduzir os depósitos de gordura localizada e o perímetro abdominal

Remodelação corporal através da destruição das células adiposas

O UltraShape actua através da emissão de ondas acústicas de energia ultrassónica que converge para um volume focal restrito, tendo como alvo apenas a gordura subcutânea numa profundidade controlada. Ao contrário da tecnologia de ultrassons tradicional, a energia do UltraShape transmite ultrassons pulsados, permitindo o controlo do aumento da temperatura (aumento inferior a 0,5° C) e permitindo que a destruição da gordura ocorra de forma instantânea, seletiva e mecânica (não térmica).

ultrassom

Ultrassom uni-focalizado VDF™
Concebido para tratar a gordura num ponto focal de 15 mm sob a pele

Ultrassom multi-focalizado VDF™
Concebido para tratar múltiplas profundidades e um maior volume de gordura num só disparo

Destruição imediata e seletiva das células adiposas

A histologia confirma que a tecnologia UltraShape destrói de forma instantânea e seletiva apenas as células adiposas.

destrui_o_celulas_adiposas

Eliminação natural da gordura

UltraShape baseia-se num processo natural de eliminação da gordura em que os triglicéridos e os detritos celulares das células adiposas imediatamente destruídas, são processados pelas vias fisiológicas e metabólicas naturais do organismo. Estas vias são as mesmas que estão envolvidas na eliminação da gordura durante a perda de peso.
Resultados de estudos clínicos multicêntricos, controlados, publicados e “peer-reviewed”, bem como de outros estudos clínicos independentes, demonstram que os triglicéridos libertados não se acumulam numa proporção clinicamente significativa no sangue ou fígado.